Google+ Badge

quarta-feira, 10 de abril de 2013

A partida só começa quando você dá o primeiro chute

Quantos sonhos você já teve, mas que nunca saíram do papel ou da sua cabeça? Quantas vezes desejou colocar em prática aquele projeto escrito há anos, mas o arquivo continua preso no computador? Possivelmente, em uma sala de reunião, você já sentiu muita vontade de expor sua ideia, mas preferiu calar-se. Logo em seguida o colega ao lado cita justamente aquilo que você havia pensado e todos acham aquela proposta bastante interessante.
E isso tem acontecido porque os pensamentos "não vou conseguir", "não vai dar certo", "que ideia ridícula", "isto não é para mim", "ele é mais inteligente" rondam a sua mente toda vez que você pensa em realizar algo diferente do que está acostumado a fazer.
Sair da zona de conforto e tentar algo novo não é fácil, pois o medo tem esse poder - paralisar as pessoas. E muitas vezes é isso que acontece.
Além do mais, não devemos confundir pessimismo com cautela. O primeiro faz com que não saiamos do lugar. O segundo nos prepara para um chute mais certeiro. Este texto não fala sobre a tão famosa Lei da Atração: "tenha pensamentos positivos e conseguirá tudo o que deseja".
Claro que é importante termos bons pensamentos sobre qualquer processo ou situação, mas isso é apenas o começo. Conheço inúmeras pessoas que têm muito mais pensamentos positivos do que negativos e nem sempre alcançam o que desejam.
A pretensão desse texto é abordar a ação e não o pensamento. Desta forma, cito um princípio que considero extremamente verdadeiro: "se não tentar, jamais saberá".
Se você tem conseguido alcançar o que deseja é porque tentou. As outras variáveis que contribuíram para o alcance do seu resultado como "estar preparado", "esforçar-se ao extremo", "ter persistência e determinação", "estudar continuamente", só puderam entrar em campo porque você deu o chute inicial - que foi o de tentar.
Experimente dar o primeiro passo em algum projeto, processo ou sonho específico que deseja ver concretizado. Com pequenas ações diárias você passa a conhecer sua força para realizar algo. Cada etapa finalizada é um propulsor de motivação para continuar caminhando ou mesmo um aviso para mudar algo que não está dando certo - e isso ocorre porque você adquire confiança em si próprio e mais conhecimento sobre o que deseja alcançar.
Há algum tempo assisti a um documentário sobre a escritora do Harry Porter, J.K Rowling. O seu manuscrito ficou guardado em uma caixa durante anos porque ela nunca teve coragem de mostrar a ninguém. Neste período viveu sérias dificuldades financeiras, trabalhando em vários lugares para sustentar a filha. Quando finalmente decide tirar o seu livro da caixa e partir para publicá-lo, tudo começa a mudar. No início recebe muitos "nãos", mas como havia decidido seguir em frente, nada e ninguém mais a impediu. A história final todos já sabem: seus livros, traduzidos para mais de 70 línguas, venderam cerca de 400 milhões de cópias. Os filmes são campeões de bilheteria e encantam adultos e crianças.
Não estou dizendo que todos que partirem para realizar os seus sonhos obterão fama e sucesso. Mas provavelmente serão pessoas e profissionais melhores, pois a satisfação de realizar algo importante para suas vidas as mantêm no foco e no caminho daquilo que realmente acreditam.
Portanto, dê o passo inicial para iniciar o que deseja.
Se você prefere fazer um pequeno plano de ação, faça, mas o tire do papel.
Se você precisa mudar um comportamento, comece com pequenas doses diárias.
Se você precisa de mais informação para entrar em ação, estude e treine bastante, mas coloque prazos em cada etapa.
Dê o primeiro chute e tente muitas jogadas. Em breve estará fazendo alguns gols.
Postar um comentário