Google+ Badge

domingo, 12 de maio de 2013

Dica - Filmes que inspiram: Click

O filme “Click” poderia ser taxado de comédia blasé se não fosse a mensagem tão bonita e poderosa que ele transmite. O valor familiar presente no longa representa a dedicação que temos que ter com nossos familiares, companheiros e filhos.

Dirigido por Frank Coraci e lançado em 2006, conta a história de Michael Newman (Adam Sandler) que é casado com Donna (Kate Beckinsale), com que tem Ben (Joseph Castanon) e Samantha (Tatum McCann) como filhos. Michael tem tido dificuldades em ver os filhos, já que tem feito serão no escritório de arquitetura em que trabalha no intuito de chamar a atenção de seu chefe (David Hasselhoff).
Um dia, exausto devido ao trabalho, Michael tem dificuldades em encontrar qual dos controles remotos de sua casa liga a televisão. Decidido a acabar com o problema, ele resolve comprar um controle remoto que seja universal, ou seja, que funcione para todos os aparelhos eletrônicos que sua casa possui.
Ao chegar à loja Cama, Banho & Além, ele encontra um funcionário excêntrico chamado Morty (Christopher Walken), que lhe dá um controle remoto experimental o qual garante que irá mudar sua vida. Michael aceita a oferta e logo descobre que ela realmente é bastante prática, já que coordena todos os aparelhos. Porém Michael logo descobre que o controle tem ainda outras funções, como abafar o som dos latidos de seu cachorro e também adiantar os fatos de sua própria vida.
Tendo o poder nas mãos, Michael começa uma corrida desenfreada pelo sucesso e dinheiro, para enfim, ter tempo para a família e para si mesmo. “Avançar três meses da minha vida não irá fazer tanta diferença”, exclama Michael ao receber uma proposta em um projeto de arquitetura que irá prejudicar sua agenda familiar.
O que ele não imaginada eram o efeitos colaterais, ou melhor, as consequências de abdicar este tempo para a conquista do sucesso. Com isso, ele passa a sofrer com as dificuldades e problemas criados pelo controle.
Quantos profissionais não agem assim, pensando que deixando uma coisa de lado a outra irá suprir a falta de carinho, atenção e companhia. É fundamental equilibrarmos a vida profissional com a pessoal, para que no fim não tenhamos dinheiro o suficiente para gastarmos sozinhos.
O sucesso é fruto de trabalho honesto e duro, porém, devemos respeitar nossos limites e preservar nossos laços afetivos. “O controle era para ser uma ferramenta positiva, mas, você não soube usá-lo Michael, não se pode pular as fases do aprendizado e, tão pouco, as da vida” completou Marty após ver o desespero do colega.
O filme é uma verdadeira lição divertida e agradável feita para toda família assistir. E após desfrutar do longa, pensar no que pode ser feito e no que é fundamental para a vida. Na vida real, é muito difícil existir a segunda chance.
Postar um comentário