Google+ Badge

sábado, 11 de julho de 2015

A luva de Jessie


Todos os anos faço treinamento de gerentes para a Circle K Corporation, uma cadeia nacional de lojas de conveniência. Um dos tópicos que abordamos em nossos seminários é como manter a qualidade dos funcionários, um verdadeiro desafio para os gerentes quando se leva em consideração a escala de salários do setor de serviços. Durante essas discussões, costumo perguntar aos participantes:
“O que fez com que você ficasse tempo suficiente para se tornar um gerente?” Tempos atrás, fiz essa pergunta a uma gerente que devagar, com a voz embargada, disse: “Uma luva de beisebol de 19 dólares.”
Cyntia disse ao grupo que no início aceitara um emprego de vendedora na Circle K como um trabalho temporário enquanto procurava algo melhor. No segundo ou terceiro dia atrás do balcão, seu filho Jessie, de 9 anos, telefonou para ela. Ele precisava de uma luva de beisebol para a Liga Infantil. Ela explicou que, como mãe solteira, o dinheiro era muito curto e que o primeiro salário seria utilizado para pagar as contas. Talvez ela pudesse comprar a luva de beisebol com o segundo ou terceiro salário.
Quando Cyntia chegou ao trabalho na manhã seguinte, Patrícia, a gerente da loja, pediu-lhe que a acompanhasse até um quartinho atrás da loja, que servia como escritório. Ela se perguntava se havia feito algo errado ou deixado algum trabalho incompleto no dia anterior. Estava preocupada e confusa.
Patrícia entregou-lhe uma caixa e disse:
- Ouvi sem querer a conversa que teve com seu filho ontem e sei que é muito difícil explicar essas coisas para as crianças. Isto é uma luva de beisebol para Jessie, porque, provavelmente ele não compreende o quanto ele é importante, mesmo que você tenha de pagar as contas antes de comprar a luva. Você sabe que não podemos pagar pessoas boas como você como gostaríamos, mas realmente nos importamos e quero que saiba que você é importante para nós.
A consideração, a compreensão e o amor dessa gerente de loja de conveniência demonstram claramente que as pessoas se lembram muito mais da preocupação que o patrão demonstra por elas do que quanto ele lhes paga. Uma lição importante pelo preço de uma luva de beisebol da Liga Infantil.
Rick Phillips
Do livro: Espírito de Cooperação no Trabalho
Postar um comentário