Google+ Badge

quinta-feira, 3 de março de 2011

Fernando Henrique Cardoso Recebe a liderança de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias


São Paulo - Presidente do Brasil, de 1995 a 2003 - Dr. Fernando Henrique Cardoso recebe um quadro com sua Genealogia e conhece mais sobre A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias


“Vou mostrar esse quadro aos meus netos”, foi assim que o Presidente Fernando Henrique Cardoso, presidente do Brasil de 1995 a 2003, expresssou sua alegria na tarde de ontem, 02 de março, durante encontro com Élder Carlos A. Godoy, 1º conselheiro da Área Brasil, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e Élder Fernando Araújo, Setenta de Área, na sede do Instituto FHC em São Paulo.

            Durante a visita o presidente foi surpreendido com um presente oferecido a ele, um quadro – pintura em tela a óleo – com sua genealogia até a sexta geração. Observando o quadro, com Élder Godoy e Élder Araújo, o presidente ficou admirado e relembrando seus antepassados e familiares. Enquanto apreciava, apontava enfaticamente para os nomes dos seus familiares e relembrava alguns fatos. Élder Godoy, ao lado, falava da importância da família e dos elos familiares. Élder Araújo lembrou: “Presidente aqui há seis gerações – mas se pensarmos nos seus netos – eles já terão a sétima e oitava geração”. Nesse momento o Presidente comentou: “É verdade. Vou mostrar esse quadro aos meus filhos e netos. É importante que conheçam essa história familiar”.

Ainda ali, ao lado do quadro, Élder Godoy o presentou com uma estátua da Família. Momento em que o Presidente abriu um sorriso. Fernando Henrique Cardoso foi muito cordial e atencioso.

Durante parte da conversa, foi explicado a ele sobre o Programa Mãos que Ajudam. Com atenção ele comentou: “Essa mobilização voluntária é importante para as pessoas”. Após, ganhou um colete do Programa Mãos que Ajudam. No final, Élder Godoy ainda explicou a ele que a Igreja tem no Brasil mais de 1 milhão de membros, que na Igreja não há clero remunerado e que a Igreja apoia os líderes públicos e as leis, mas que é apolítica. Nesse momento Fernando Henrique esboçou: “Isso mesmo. Deve ser assim”. No final, agradeceu: “Muito obrigado pela visita e pelos presentes”.

O encontro foi articulado por Ruth Grava, empresária e assessora parlamentar, com apoio de Clovis Lemes, Diretor de Assuntos Públicos da estaca São Paulo Perdizes e coordenado com o Luiz Carlos Yamaguchi, Diretor do Conselho de Assuntos Públicos Multiestacas de São Paulo.    

Fonte – Texto e Fotos – Departamento de Assuntos Públicos Brasil

Postar um comentário